Novidades

6 erros comuns em Marketing que sua Empresa pode estar cometendo

marketing

Vendo que a expectativa do próximo RDSummit está em 8 mil pessoas fica muito claro que o assunto Marketing Digital ganhou muita visibilidade no mercado Brasileiro.

Cada vez mais empresas estão investindo na construção de suas Máquinas de geração de leads, porém, poucas conseguem conquistar todo o potencial de retorno que uma estratégia de Inbound Marketing pode proporcionar.

Isso ocorre porque pequenos erros são cometidos durante a implantação. Por menor que sejam, cada um desses erros comprometem seriamente o potencial de retorno e, no médio prazo, muitas empresas desistem, simplesmente por acreditar que não funciona.

Não se preocupe se você está cometendo alguns dos erros que eu vou listar, eu mesmo já cometi cada um desses erros no passado.

Admitir que está errando é o primeiro passo para corrigir o rumo e colocar sua Máquina de Crescimento alinhada, e assim alavancar sua empresa. Separei os 6 principais erros que sua empresa pode está cometendo ao implantar uma estratégia de Inbound.

 

Erro 1# – Não definir e não focar a estratégia no Cliente Ideal

Para uma estratégia de inbound funcionar, é fundamental conhecer muito bem que é o cliente ideal.

Escuto, com frequência, algumas empresas falando que vendem para qualquer tipo de empresa, que seu produto tem um amplo raio de atuação.

Esse tipo de crença tira o foco da atividade mais importante para um estratégia de marketing, que é conhecer bem quem é o seu cliente, quais os seus problemas e  assim criar uma estratégia de conteúdo baseada nessas necessidades.

Definir o cliente ideal é o primeiro passo para construir uma estratégia de Inbound bem sucedida. Dá um certo trabalho, é um processo demorado, cansativo, porém,  precisa ser executado com excelência.

É necessário investigar os atuais clientes, achar um padrão e executar uma pesquisa para entender como eles chegaram até você, e o que os motivou a contratar seus serviços.

Ao final desse levantamento, é muito importante focar todo o esforço de produção de conteúdo nessa persona.

 

Erro 2# – Não dedicar tempo para entender a jornada de compra

O foco de uma estratégia de Inbound campeã é ajudar seus potenciais clientes a serem mais bem sucedidos. Por exemplo, imagine que hoje você está indo para um endereço que você nunca foi antes, consegue imaginar como você irá chegar lá sem um mapa, waze ou algo semelhante? Não?

Funciona igual com seu prospects.

Muitas empresas escrevem artigos, lançam e-books e webinar que não estão alinhados com a jornada de compra do cliente, o que acontece por consequência que os leads não se engajam e não ficam prontos para serem qualificados e abordados pela equipe de vendas.

Outra consequência causada por não conhecer a jornada de compra é entregar um conteúdo errado para o lead, que ainda não está pronto para aquele aprendizado.

Imagine dar uma feijoada para um bebê, funciona exatamente assim quando você não entende a jornada de compra do seu cliente.

 

Erro 3#  – Não se concentrar nas “frutas baixas”

Para ampliar a geração de leads existem diferentes estratégias, algumas muito difíceis e complexas como por exemplo uma estratégia de nutrição de leads.  

Existem outras mais simples, como a criação de páginas de captura de leads (Landing pages).

O que acontece é que, normalmente, as empresas que buscam implantar o inbound querem fazer tudo de uma vez, dispersa energia e não se concentra em ação simples que podem gerar grandes resultados, as chamadas “frutas baixas“.

Se concentrar nas frutas baixas te ajuda a ter resultados mais rápidos, te motivando a se aprofundar mais no tema e provar para as demais lideranças da empresa que vale a pena investir no assunto.

Com o tempo a empresa aprende melhor como executar a estratégia simples e passa a poder focar nas atividades mais complexas.

Lembre se que primeiro você aprendeu a somar, para depois multiplicar e para finalmente trabalhar com fórmulas complexas. Execute da mesma forma no seu marketing.

 

Erro 4#  – Combinar estratégias de longo e curto prazo

Nas minhas diferentes experiências na implantação de inbound marketing, o tempo de maturação da estratégia levou de 6 a 9 meses para efetivamente começar a tracionar.

Isso significa que ela não irá te ajudar a bater suas metas durante esse período e não adianta se frustrar se os resultados não vierem da noite para o dia.

Produzir conteúdo, realizar lançamento, aumentar o tráfego orgânico e ampliar a autoridade da sua empresa da trabalho, leva tempo para adquirir resultados que realmente fazem a diferença, logo você precisa combinar uma estratégia de curto prazo com uma de longo prazo.

Para bater metas e entregar crescimento será necessário investir em mídia paga, otimizar a conversão do seu site, entre outras estratégias para te ajuda a gerar resultados enquanto a sua máquina de geração de demanda ainda não está funcionando.

 

Erro 5# – Não preparar o time de vendas para receber os leads inbound

Quando sua máquina de geração de leads estiver de pé duas coisas irão acontecer.

O volume de leads irá aumentar exponencialmente o que irá tomar muito tempo da atenção do seu time de vendas. A segunda coisa é a necessidade de alimentar os leads que querem ajuda para resolver seus problemas, e que de imediato, não querem conhecer seu produto.

Os dois cenários são grandes oportunidades, porém trazem grandes riscos.

Se seu time não souber qualificar os quais leads ele irá dedicar atenção a prospects que poderiam ser descartar.

Como consequência existe uma grande chance do seu time gastar muita energia com oportunidades que não irão se transformar em negócios. Ter regras claras de qualificação e um processo de descarte faz toda a diferença para aumentar suas vendas.

Segundo ponto é se seu time não tiver uma abordagem consultiva, focando primeiro em entender a necessidade do lead, para depois falar da solução, existe uma chance grande desta oportunidade ser perdida.

Diferente de um lead de mídia paga que chega com uma urgência em resolver seu problema e quer ver seu produto o mais rápido o possível, leads inbounds precisam entender o caminho para resolver o problema, para depois entender como seu produto ajuda nesse caminho.

 

Erro 6# – Não engajar toda empresa na transformação

Existem muitas variáveis na construção de uma máquina de geração de demanda, fazer isso sozinho, ou apenas na área de marketing, existe uma chance muito grande de fracassar. Engajar a empresa nesse movimento, faz toda a diferença.

Os donos e executivos da empresa também tem muito a contribuir, eles motivam nos momentos difíceis (lembre-se os resultados não virão da noite para o dia), incentivam os demais colaboradores a participar do movimento, e mostram que é uma direção a ser seguida. Essa é uma batalha da empresa, não apenas do departamento de marketing.

 

São muitas coisas não é mesmo? O mais importante é corrigir o rumo e saber que o mais importante é executar.

Se você identificou alguns desses erros na sua operação é uma ótima oportunidade para corrigir. Com a prática tudo fica mais fácil. A atitude mais importante é essa que você está tendo agora, buscar conhecimento, sempre se atualizar e nunca parar de se desenvolver.

O canal Máquina do Crescimento foi criado para pessoas como você, aproveita e vai lá, conferir o conteúdo e não deixe de se inscrever.

Ficou alguma dúvida? deixe no comentário, prometo responder todas elas.

Thiago Reis

Thiago Reis criador do maquinadecrescimento.com. Ao longo dos últimos 10 anos atuou na construção de empresas e times vendas e marketing que ajudaram empresas de tecnologia a alavancar seu crescimento. É graduado em Gestão Empresarial e especialista em Gerenciamento de Projetos, inside sales, inbound marketing e implantação de metodologias de crescimento.